Pergunta ao Tempo

20 maio

Ah, esse Tempo tão sabedor!

Te vendo de fora, olhando para você, suntuoso, pleno, gigante, maior que todos nós, entendo:

-Você é o Senhor!

E, sim, devemos ser pacientes obedientes de sua história. Mas, me diga uma coisa, Dr., me sentindo assim, pelo avesso de dentro:

-Quantos tempinhos hão de haver para eu entender a trajetória?

20 de maio de 2011

Uma resposta to “Pergunta ao Tempo”

  1. Fidélis Alcântara 23/05/2011 às 11:47 #

    Hei Candi!
    Lembre de J. L. Borges: “entender é parede, procure ser uma árvore!” rsrsrsrsrs…
    Eu já desisti de tempo para entender, agora só tenho tempo de sentir.
    Uma ótima semana!
    bjão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: