Teus olhos

26 mar

Teus olhos profundos
Me afogam
Tua pele serena
Me arrepia
Teu corpo em curvas
Me sussurra
Teu gesto sutil
Me agita
Teus tons delicados
Me afagam

E me chamam
E me queimam os sentidos
Despertam internos ruídos
Que invadem meu ser

Silenciosamente,
Te lembrar me consome
Teu chamado me grita
Entre razões que me testam
E imaginários que insistem

Ideias irrompem
Desejos sucumbem
Devaneios assumem
O querer que me assombra

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: