Torpor da dúvida

7 abr

Entorpeça a mente
Se não quiser decidir
Adoeça razões
Se for desviar
Permaneça inquieto
Se não for intuir
Consinta o acaso
Se não puder mensurar

Escolhas, meu bem, são formas
Deliciosas de poder se mudar
E qualquer que seja a aposta,

Não se esqueça
Que angústia só vive
Antes que ela aconteça

07 de abril de 2011

Uma resposta para “Torpor da dúvida”

  1. Arthur Valente 08/04/2011 às 20:15 #

    Cân…sensacional!Você distribui as palavras em versos com uma maestria que almejo alcançar…mensagem cômicamente muito bem passada…não pare de escrever porque agora tem mais alguém que te segue…
    beijos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: