Nesse lá tão fundo

12 nov

Vivo no tempo pra correr
Passo lento, mas largo
Curto, mas rápido

Vivo à beira do buraco
E caio!
Nem tão fundo
Eu escapo!

Se me afogo
Sobrevivo
Recomeço
Novo abrigo

Processo metamórfico
e/ou
Ressaca de formol

14 de maio de 2004

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: